A mulher em debate

A mulher em debate

Está em cartaz no Espaço Cultural A Próxima Companhia o espetáculo “Quarança”, que denuncia a violência contra a mulher. Trata-se de uma fábula que conta a história de Alereda, uma cidade fictícia onde o sol é insistente e a terra, esturricada. Alereda é feita de uma trama de vida e morte. Ocupada por um exército de jagunços, liderados pelo temido Sô Déo, o lugarejo tem suas mulheres violentadas, mortas e, uma a uma, quaradas ao sol, veladas sem lua.

Neste contexto surge a guerreira Rosa Ararim, que se posiciona contra este estado de opressão. Luciana Lyra assina dramaturgia, encenação e direção e a peça tem no elenco: Juliana Oliveira e Paula Praia, além da atriz convidada Lívia Lisbôa.

“Em pleno século XXI, basta abrir o jornal para vermos ainda hoje meninas de 10 anos (ou menos) sendo obrigadas a casar por acertos de suas famílias, desigualdade gritante de salários e culpabilização das vítimas, mortes por abortos clandestinos e a obrigatoriedade de abrir mão de sonhos.

Ingressos: R$ 20,00 (inteira). Apresentações: sextas e sábados, às 21 horas; domingos, às 19 horas. Local: Rua Barão de Campinas, 529, Campos Elíseos. Mais informações no telefone 3331-0653.

Deixe um comentário

*