As gorduras são ‘drogas’para o cérebro?

As gorduras são ‘drogas’para o cérebro?

Por que nós nos “empolgamos” com um pedaço de chocolate, mas nunca temos o mesmo sentimento por um alface? Uma pesquisa respondeu parcialmente esta questão: triglicerídeos, componentes gordurosos dos alimentos, parecem agir no cérebro diretamente no mesmo local (circuito) em que o vício em drogas age. Quem nos explica melhor essa afirmação é o Fábio Cardoso, especialista em medicina preventiva, longevidade, emagrecimento, segundo ele cientistas já conseguiram demonstrar que variações nas concentrações sanguíneas desses triglicerídeos estão ligadas com a busca por alimentos e seu consumo. Baixou as concentrações, dá fome, mas a fome é específica para aquilo que está em falta: gordura e açúcar. E nunca passa com “alface”.

O estudo foi publicado agora, em 15 de abril deste ano, na revista Molecular Psychiatry, sob a batuta do time de pesquisadores  da Universidade Diderot de Paris traz o entendimento da ação direta e a consequente função viciante e estimuladora dos lipídeos e açúcares alimentares e a procura de prazer através da ingesta alimentar irá nos possibilitar melhor entender as causas de alguns comportamentos alimentares compulsivos e também da obesidade. E reforça aquilo que sempre falamos: prevenir é melhor que tratar. Estamos sim, viciando a nós e a nossas crianças.

DICAS

  • Abaixo algumas dicas do especialista para não cairmos nessa armadilha:
  • Mante-se hidratado (35ml/kg /dia no mínimo);
  • Acrescente mais pimenta em sua alimentação (a Capsaicina presente na pimenta modula a vontade por salgados e gorduras);
  • Adicione azeite de oliva, abacate ou macadâmia aos seus pratos (experimente em doces funciona bem).

 

Deixe um comentário

*