Energia

O secretário-executivo do Ministério de Minas e Energia, Márcio Zimmermann, disse na quinta-feira, dia 6 de novembro, que a informação de que o risco de faltar energia no País em 2015 chegou a 5%, máximo tolerado pelo governo e que foi divulgado no dia anterior pelo Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE), “não significa nada”. De acordo com ele, não há chance de racionamento no ano que vem.

Deixe um comentário

*