Impasse quanto à verba continua

Impasse quanto à verba continua

No dia 10 de fevereiro de 2017, o secretário municipal do Verde e do Meio Ambiente, Gilberto Natalini, esteve no terreno do Parque Municipal do Tatuapé. Acompanhado do vereador Toninho Paiva e na presença de técnicos, eles conversaram sobre os trâmites para poder abrir o parque à população.

Naquele dia foi acertado que era preciso fazer um aditamento no contrato, no qual a empresa responsável (Cerqueira Torres) precisaria topar. E, além dos R$ 298 mil em emenda, ainda deveria ser acrescentado mais R$ 50 mil.

No mês de março, a reportagem entrou em contato com a secretaria para saber como estava o processo e porque não ocorreu nenhuma intervenção no local. A pasta informou que a Secretaria do Verde e do Meio Ambiente estava ciente da atual situação do Parque Municipal do Tatuapé e que estava à procura de fontes de recursos para dar início às obras. “A partir de um aditamento, já lançado, o prazo para que isso aconteça se estendeu por mais 82 dias, com previsão para ser finalizado em junho deste ano.”

VEREADOR É PROCURADO

Para entender o que aconteceu com a verba que foi direcionada em 2016 para o início das obras, a reportagem entrou em contato com o vereador Toninho Paiva. De acordo com o parlamentar, ele destinou R$ 350 mil para a construção do Parque Municipal do Tatuapé.

“Esse dinheiro foi reservado para ser feita uma licitação, ou seja, foi realizado um projeto e posteriormente a licitação. A empresa Cerqueira Torres Construções Terraplanagem e Pavimentação Ltda. ganhou pelo valor de 298.999,67. Após, foi executado um empenho para a empresa ganhadora, o contrato e a ordem de início, isso em dezembro de 2016.
Então, a obra tinha que ter acontecido em um prazo de execução de 90 dias. Em dezembro teria que ter sido feita uma medição porque já tinha ordem de início.”

VERBA ERA PARA 2016

Segundo Paiva ainda, o dinheiro que ele disponibilizou para as obras era do orçamento de 2016. Ou seja, ele não vira o ano, não vai para o outro orçamento. “Em contato com o secretário Gilberto Natalini, ele me comunicou que está arrumando uma verba no Fema (Fundo Especial de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável) e prometeu que nós não vamos virar o primeiro semestre sem o início das obras. Com toda certeza ele irá cumprir o que prometeu há uns meses no próprio

Deixe um comentário

*