INSS

A greve de servidores do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) chega à quinta semana. Ao todo, 54,5% das agências têm atendimento parcial e 17,8% estão fechadas, segundo balanço divulgado no dia 3 de agosto pelo Ministério da Previdência Social. A mobilização afeta agências de todos os Estados. A pasta diz que 5.734 servidores (17,6% do total) aderiram ao movimento, que pede reajuste salarial de 27,5% imediato, com aumento gradual nos próximos quatro anos, além de melhorias nas condições de trabalho. No fim da última semana, a Federação Nacional dos Sindicatos dos Trabalhadores em Saúde, Trabalho, Previdência e Assistência Social (Fenasps) estimava uma adesão de aproximadamente 90%.

Deixe um comentário

*