Luzes Cênicas – Ponte Estaiada do Tatuapé  vira alvo de vândalos e ladrões

Luzes Cênicas – Ponte Estaiada do Tatuapé vira alvo de vândalos e ladrões

Há cerca de duas semanas, a reportagem desta Gazeta entrou em contato com o Departamento de Iluminação Pública (Ilume) para, mais uma vez, alertar quanto ao desligamento das luzes cênicas da Ponte Estaiada do Tatuapé.

Na última sexta-feira, dia 24, a equipe da Prefeitura respondeu que compareceu à Ponte Dom Luciano Mendes de Almeida (Ponte Estaiada do Tatuapé), na Rua Padre Adelino sobre a Avenida Salim Farah Maluf, e constatou que os cabos dos projetores de LED foram furtados e a cabine de entrada danificada por vândalos.

“Foram repostos os 20 metros de cabo triplex provisório e testes mostraram que o sistema agora está funcionando”, pontuou a nota encaminhada à redação.

A equipe do Ilume ainda constatou que, dos 32 projetores instalados, quatro foram vandalizados e alguns LEDs das réguas coloridas não acenderam devido à tentativa de furto/vandalismo. “Estes equipamentos foram levados para avaliação e a troca de peças e devem retornar para a reinstalação, ou serão trocados por novos, se necessário”, finalizou.

RECORRENTE

Os pedidos para iluminar de forma cênica a Ponte Estaiada do Tatuapé tiveram início em setembro de 2011, um mês após a sua inauguração. Mas desde a instalação, em janeiro de 2012, o problema relacionado ao furto/vandalismo de cabos vem sendo divulgado por este semanário.

No local foram instalados 32 projetores de LED de 150W e 290W e 16 cordões de LED de 50W, que alteram a reprodução das luzes nas cores azul, verde, vermelho e lilás. Também foram colocados mais 130 pontos de luz, com lâmpadas de vapor de sódio e de vapor metálico, com potências que variam entre 150W, 250W e 400W.

Desde 2012, o problema com o liga/desliga em razão de furtos/roubos no local tornou-se frequente. Símbolo do bairro do Tatuapé, a Ponte Estaiada do Complexo Viário Padre Adelino virou um dos alvos preferidos dos ladrões.

Deixe um comentário

*