‘Memórias da Obsolescência’

‘Memórias da Obsolescência’

O Museu da Imagem e do Som apresenta “Memórias da Obsolescência”, exposição composta pela maior coleção de videoarte do mundo, que fica em cartaz até o próximo dia 22 no Paço das Artes.

Composta por trabalhos de 25 artistas, em sua maioria latino-americanos, a mostra tem curadoria de Jesús Fuenmayor, diretor e curador-chefe da Cifo, que conta com obras de Alexander Apóstol, Cao Fei, Francesca Woodman, Francis Alÿs, Leandro Katz, Magdalena Fernández, Marina Abramovi, Miguel Ángel Ríos, Nicolás Robbio, Regina José Galindo, Regina Silveira, Song Dong, William Kentridge e Yoshua Okón, entre outros.

“A videoarte traz novos elementos para o debate do fazer artístico atual e seu desenvolvimento no Brasil e na América Latina merece destaque no calendário de exposições de São Paulo. O Paço das Artes foi escolhido para abrigar Memórias da Obsolescência por ser a instituição ‘irmã’ do MIS e um espaço cultural multidisciplinar”, revela André Sturm, diretor executivo e curador geral do MIS.

Horário: terças a sextas, das 10 às 19 horas; sábados, domingos e feriados, das 11 às 18 horas. Local: Avenida da Universidade, 1, Cidade Universitária.

Deixe um comentário

*