Morador pede limpeza de terreno

Morador pede limpeza de terreno

Depois de ler a matéria sobre as demolições de imóveis desapropriados da futura Linha 2 – Verde do Metrô, no Jardim Anália Franco, onde a Companhia do Metropolitano diz que faz a manutenção das áreas para conservar a limpeza, manutenção e segurança dos locais, o leitor Fabiano Lourenço entrou em contato através do Whatsapp 98193-8399 e disse não ser bem assim.

Na Rua Julio Colaço, ao lado do número 1.049, há um terreno que deverá ser um poço do Metrô que está sendo tomado pelo mato. O imóvel foi demolido há cerca de dois anos e, ainda de acordo com o leitor, que encaminhou fotos e um vídeo do local, tudo se acumula por lá. Até ratos e insetos começaram a aparecer. “Já entramos em contato com o Metrô mas, até agora, nada foi feito. Não aguentamos mais este descaso”, comentou.

O Metrô informou que já concluiu o processo de contratação da empresa que realizará o serviço de conservação das áreas desapropriadas na região da rua Júlio Colaço. “A ampliação da Linha-2 Verde está atualmente suspensa, mas os trabalhos de limpeza começam este mês. O Metrô executa os serviços de demolição, vigilância e manutenção dos terrenos que mantêm de forma constante.”

Deixe um comentário

*