‘Naturaleza Muerta’

‘Naturaleza Muerta’

Inspirado no prólogo do livro Gracias Por El Fuego, do uruguaio Mario Benedetti (1920-2009), o espetáculo “Naturaleza Muerta” estreou ontem, dia 8, no Armazém, do Grupo XIX de Teatro, na Vila Maria Zélia. As sessões são gratuitas, de sábado a segunda-feira, às 20 horas. Excepcionalmente, na quarta-feira, dia 12, haverá espetáculo às 19 horas, seguido de um bate-papo sobre o tema “Ser Latino-americano”, com o sociólogo e professor Jean Tible e a socióloga Carla Cristina Garcia. Com direção de Rodolfo Amorim, o elenco é formado por Gabi Costa, Juliana Sanches, Maria Carolina Dressler e Tatiana Ribeiro, que também assina o texto.

Ambientada em um restaurante fora do país, quatro mulheres se encontram enclausuradas sem que se saiba, por qual motivo não saem pela porta da frente. Na obra de Benedetti, quinze uruguaios, parte deles desconhecidos entre si, jantam num restaurante latino na 5ª Avenida, em Nova York. Enquanto conversam, valorizam a cultura europeia e norte-americana sempre aliada em detrimento da sua própria cultura e de seus desconhecidos vizinhos latinos.

Temporada: até 30 de outubro. Local: Rua Mário Costa, 13. Mais informações no telefone: 2081-4647.

Deixe um comentário

*