NOVA BIBLIOTECA – Obras estão paradas. E agora?

NOVA BIBLIOTECA – Obras estão paradas. E agora?

Quando os moradores de Itaquera e região vão poder assistir à inauguração da nova Biblioteca Sérgio Buarque de Holanda, no terreno da antiga subprefeitura, com entradas pelas ruas Victório Santim, 44, e Gregório Ramalho,103? Ninguém sabe. A única certeza de quem vive na região é a de que a Prefeitura gastou aproximadamente R$ 3 milhões e as obras ficaram pela metade. A empresa beneficiada foi a Referma Construções Ltda. e o projeto apresentado foi criado pela equipe do arquiteto José Rolemberg.

E O DINHEIRO?

Por incrível que pareça, o prédio deveria ter sido entregue em 2011. No entanto, além de não terminar, a Prefeitura embargou a construção em 2013 por ela apresentar problemas de falta de estrutura. De lá para cá nada foi feito e a biblioteca continua improvisada na casa em que funcionava a administração da subprefeitura. Após a questão ter sido transferida para a Secretaria de Negócios Jurídicos, responsável por tentar ressarcir o município com um processo contra a empresa, o processo foi praticamente anulado.

ESTRUTURA

Enquanto isso, também não há informações sobre a situação atual do prédio semi-construído. A Secretaria da Cultura não informou se a estrutura existente poderá ser reutilizada e concluída ou se terá de ser demolida para a retomada do projeto desde o início. Quem passa pela Victório Santim consegue ver a estrutura de dois pavimentos, com várias vigas de sustentação. Contudo, não há funcionários trabalhando e a área está cercada por um alambrado. Biblioteca nova à parte, a Secretaria Municipal de Cultura ainda havia prometido para a mesma área a construção de um Centro Cultural aos moldes do existente na Penha. Contudo, este outro projeto sequer foi definido pela Prefeitura.

Entrada para prédio improvisado, que deveria ser acessível, está fechada com cadeado em portões

Entrada para prédio improvisado, que deveria ser acessível, está fechada com cadeado em portões

RECLAMAÇÃO

Outra reclamação está ligada ao fato das pessoas com deficiência, mobilidade reduzida ou com cadeira de rodas, terem de pedir a permissão da segurança da biblioteca para poder entrar. Isso porque o portão que dá acesso à rampa com piso tátil, localizado na Victório Santim, está fechado com cadeado. Caso o frequentador queira visitar o local deverá seguir para a entrada da Gregório Ramalho. No entanto, só há como chegar subindo uma escadaria de dez degraus.

XADREZ

A programação de setembro ainda não está sendo divulgada, mas o local oferece visitas monitoradas, com apresentação dos serviços e acervo da Sergio Buarque de Holanda, além da atividade de mediação de leitura. No espaço também há disponíveis jogos de xadrez e damas para o público participante. As visitas devem ser agendadas no horário de atendimento, de segunda a sexta, das 9 às 18 horas; e sábado, das 9 às 16 horas. Dias 2 de setembro e 4 de novembro a abertura será das 9 às 16 horas. No dia 7 de outubro será das 11 às 18 horas. Mais informações no telefone 2205-7406.

Deixe um comentário

*