OBRAS EM ITAQUERA – Sarjetões dificultam motoristas

OBRAS EM ITAQUERA – Sarjetões dificultam motoristas

Em Itaquera, Sabesp e Secretaria de Infraestrutura Urbana e Obras não se entendem com relação à manutenção e reforma de sarjetões. Dois dos casos que chamam atenção estão na Rua Benedito Coelho Neto, esquina com a Rua Fontoura Xavier, e na São Félix do Piauí, esquina com a Rua São Teodoro.

DESNÍVEIS
Na primeira situação, a empresa contratada pela Prefeitura fechou a rua, reconstruiu o sarjetão e foi embora. Aproximadamente um mês depois de ter concluído a obra, a Secretaria não fez questão de reparar o asfalto nas laterais da obra. Resultado: motoristas são obrigados a desviar dos buracos e da tampa de bueiro desnivelada.

CANALETAS
De acordo com o morador Adilson dos Santos, o trabalho começou errado quando a empresa resolveu reconstruir fora dos padrões existentes em grande parte das ruas da cidade. Segundo ele, além de não ter tido o tempo necessário para a secagem do concreto, não foram colocadas as canaletas de ferro para a passagem da água e fortalecimento da construção.

Na Rua Benedito Coelho Neto o asfalto está incompleto e não há canaletas

Na Rua Benedito Coelho Neto o asfalto está incompleto e não há canaletas

GARANTIA
“Não sabemos quanto tempo o serviço irá durar, pois nesse local passam carros, ônibus e caminhões. Além disso, gostaria de saber quem irá consertar o buraco aberto, pois vários veículos estão sendo danificados”, avisou. Santos pediu, ainda, que a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) compareça no local para recolocar as placas de pare e preferencial, além de refazer a pintura das faixas de pedestre.

BURACOS
No segundo lugar o problema é ainda mais grave. Com a passagem de carros e veículos pesados o sarjetão foi totalmente destruído, sem contar os vários buracos que foram formados nas laterais e na rua. Como no início da Rua São Félix do Piauí há um bueiro da Sabesp, o local está sempre cheio de água suja. Como no outro ponto citado, diversos automóveis e motos sofreram avarias ao passarem pela via.

PEDESTRE
Para o pedestre que precisa atravessar a São Félix a situação é crítica. A faixa está apagada e os buracos viraram obstáculos. Se o morador utilizar cadeiras de rodas para se locomover terá de evitar essa passagem, pois não existem sequer as rampas. Conforme a dona de casa Elizabeth de Souza é uma vergonha ver o descaso da Prefeitura. “Somos multados por descumprir as regras, o que é certo, mas e os órgãos públicos, não têm seus deveres para com os cidadãos?”, questionou.

Deixe um comentário

*