PARQUE SÃO JORGE – PM promove ações coordenadas

PARQUE SÃO JORGE – PM promove ações coordenadas

O processo de transferência da 2ª Cia. do 51º Batalhão da PM, localizada atualmente na Rua Andrés Lamas, 185, no Parque São Jorge, está em andamento. De acordo com o major Miguel Elias Daffara, comandante do 51º Batalhão, foi encaminhada ao comando da PM a proposta de implantação da Companhia na Rua José Tavares de Siqueira, numa casa que era utilizada, conforme o major, pela Defensoria Pública.

MAIS MOVIMENTO

Há alguns anos a Cia. vem tentando mudar de prédio para ficar em um local mais próximo aos pontos de grande fluxo de pessoas, como comércios, shopping, bancos e empresas de prestação de serviços. No caso do novo endereço pretenso, o mesmo fica próximo ao Fórum Regional do Tatuapé e de ruas com grandes empreendimentos residenciais.

IMÓVEL

Ao ocupar um imóvel pertencente ao Estado, a 2ª Cia. também estaria deixando de gerar mais um ônus aos cofres públicos, pois o prédio atual é alugado. De acordo com o presidente do Conseg do Parque São Jorge, Rogério Félix Martins, com uma melhor estrutura a PM poderia melhorar ainda mais as ações que vem comandando na região, além de poder ratificar o apoio da população na tentativa de obter mais policiais e viaturas.

AGRADECIMENTO

O presidente aproveitou para agradecer à blitz efetuada por policiais da 2ª Cia., sob o comando do capitão Edson Serra, no Largo São José do Maranhão. Durante o trabalho, os PMs puderam abordar veículos e pedestres com a intenção de aumentar a sensação de segurança na região. Ao mesmo tempo a polícia tem organizado diversas incursões nas imediações da Comunidade do Pau Queimado com o objetivo de encontrar possíveis suspeitos de envolvimento com tráfico de drogas.

MINISTÉRIO PÚBLICO

Atualmente, Conseg, Ministério Público e o vereador Adolfo Quintas estão juntos para cobrar ações efetivas dos órgãos públicos municipais e estaduais frente às dificuldades do bairro. Em audiência pública realizada no dia 30 de abril, na Unicid, moradores e comerciantes entregaram uma série de reivindicações aos responsáveis pelas pastas que foram convocados pelo MP para estarem na reunião. Durante a solenidade foi estabelecido um prazo, que está se esgotando, para que cada entidade se manifestasse a respeito das cobranças.

Deixe um comentário

*