Pé de café na Francisco Marengo

Pé de café na Francisco Marengo

Onde antes havia uma jaqueira, nasceu um pé de café. Quem contou esta história foi o simpático João de Barros. Leitor desta Gazeta, ele viu a matéria sobre árvores frutíferas no Tatuapé, publicada no início deste ano, e ligou para falar sobre o jovem pé de café na Rua Francisco Marengo, na altura do número 752, que está carregado de grãos.

“Neste mesmo local havia um lindo e frondoso pé de jaca. Ele ficava repleto de frutos, mas alguém maldosamente deve ter colocado veneno na árvore e ela morreu. Só pode ter acontecido isso porque ela começou a secar muito rápido. Pra mim foi muito triste o que aconteceu. Aí, de repente, nasceu o pé de café. Não sei se alguém jogou alguns grãos, plantou a mudinha ou se simplesmente a natureza se encarregou de fazer o serviço. Só sei que o pé está repleto de grãos. Lindo demais”, contou orgulhoso.

O morador, que é do tempo em que o bairro do Tatuapé era coberto de árvores, diz ter saudade desta época. “E quem não tem? Lembro das chácaras, das belas espécies de plantas e árvores que eram vistas pelas ruas do nosso bairro. As poucas que restaram, temos que enaltecer e preservar”, pontuou.

Se você conhece um endereço com uma árvore frutífera ou não, tem uma história para contar e quer vê-la publicada na Gazeta do Tatuapé, entre em contato com a redação através do telefone 2095-8200.

Deixe um comentário

*