Peça é inspirada em história de Nobel

Peça é inspirada em história de Nobel

No próximo sábado, dia 10, estreia no Teatro Artur Azevedo, na Mooca, o espetáculo “Salve, Malala!”. Inspirado na vida da Nobel da Paz, montagem discute o direito ao ensino nas escolas. Duas crianças – uma menina e um menino (Sofia e Yan) – vivem numa aldeia em que o rei promove uma guerra contra escolas para meninas. Elas ocupam sua escola, e ali, por meio de suas memórias, recontam algumas histórias de habitantes que resistiram às ordens do rei.

Dirigido por Cris Lozano, o espetáculo é livremente inspirado na história da estudante paquistanesa Malala Yousafzai, que enfrentou o grupo extremista Talibã pelo direito de estudar. Em 2014, Malala foi a pessoa mais jovem a receber o Prêmio Nobel da Paz, devido à sua resistência.

Além dos personagens Sofia e Yan, Léia Rapozo e Alessandro Hernandez interpretam outros que são rememorados em cena. Eles são representados nas figuras de professores e professoras, mulheres, ditador e sua subordinada, e muitas crianças de vários gêneros.

Apresentações: sábados e domingos, às 16 horas. Ingressos: R$ 15,00 (inteira). Temporada: até 2 de julho. Local: Avenida Paes de Barros, 955. Mais informações no telefone 2605-8007.

Deixe um comentário

*