Penha: Hospital Santo Antonio terá mais 45 novos leitos

Penha: Hospital Santo Antonio terá mais 45 novos leitos

Na sexta-feira, dia 31 de agosto, o prefeito Gilberto Kassab esteve no Hospital Santo Antonio (unidade de saúde gerida pela Beneficência Portuguesa) para conferir as novas instalações que em breve estarão à disposição dos pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS). Localizado na Rua General Sócrates, 145, Penha, e com suas atividades iniciadas em abril, até agosto foram realizados cerca de 2.200 atendimentos só na maternidade.

“Contabilizamos até o momento: 800 partos, mil consultas e 150 cirurgias nas especialidades de ginecologia, geral e oftalmologia. Só em agosto foram 230 partos, sendo mais 70% deles normal. São números bem expressivos para apenas três meses de atendimento”, avaliou o superintendente Arnaldo Bartalo Jr.

NOVOS LEITOS
Inicialmente com 113 leitos, com esta segunda etapa de intervenções realizada pela Beneficência Portuguesa, mais 45 novos leitos devem entrar em funcionamento até a fim da próxima semana. “Também estamos concluindo as obras do novo ambulatório para com isso oferecer neste espaço atendimentos em seis especialidades: ginecologia, cirurgia-geral, oftalmologia, vascular, urologia e otorrino. É importante ressaltar que não somos um hospital ‘porta-aberta’. Ou seja, nosso atendimento é voltado exclusivamente ao SUS, através de convênio firmado com a Prefeitura, e os pacientes são encaminhados pelas Unidades Básicas de Saúde (UBS) Penha, Artur Alvim, Cangaíba, Vila Matilde, Cidade Líder e Itaquera”, destacou à reportagem deste semanário Arnaldo Bartalo.

CRESCIMENTO GRADATIVO
Com crescimento gradativo e investimentos que até o momento giram em torno de R$ 6 milhões em reformas internas e na aquisição de mobiliários e equipamentos, o Hospital Santo Antonio ocupa atualmente dois dos três blocos do prédio que abrigou o antigo Hospital da Penha.

“Todo o investimento é da Beneficência Portuguesa e a ideia da administração é de que, no próximo ano, já seja possível ampliar ainda mais o atendimento e fazer uma reforma geral no terceiro bloco. É importante ressaltar também que não há vínculo algum desta administração com o antigo hospital. Dizemos isso porque muitas pessoas ainda fazem esta associação”, esclareceu o superintendente.

META DE ATENDIMENTO
Voltado para o atendimento de média complexidade, a direção do Hospital Santo Antonio tem como meta realizar cerca de 800 consultas/mês, 400 cirurgias/mês e chegar a 350 partos/mês. “Estamos muito satisfeitos com os resultados até o momento, principalmente na área da maternidade. Os números revelam o quanto a região era carente deste tipo de atendimento”, completou Bartalo.

Deixe um comentário

*