Praça Ituzaingó: ar bucólico no Tatuapé

Praça Ituzaingó: ar bucólico no Tatuapé

Dando continuidade às matérias relacionadas ao meio ambiente, não há como negar que o Tatuapé abriga praças bem convidativas. Mas também é preciso lembrar que nem sempre elas são frequentadas por seus moradores. Os motivos são os mais diversos, como falta de manutenção e atenção do poder público ou, simplesmente, por não oferecerem segurança.

Mas uma coisa elas têm em comum: a beleza natural de suas espécies. E, neste sentido, a Praça Ituzaingó, que fica no final da Rua Tuiuti com a Rua Demétrio Ribeiro, e abriga também a biblioteca pública Paulo Sérgio Duarte Milliet, é uma área verde muito bonita e preservada na região. Sobre as grades da biblioteca, as espécies arbóreas interagem com as demais ao longo da praça, sendo bonito de se ver.

A Praça Ituzaingó, no Tatuapé, guarda um certo ar bucólico

A Praça Ituzaingó, no Tatuapé, guarda um certo ar bucólico

O verde sobre as grades da biblioteca interagae com as espécies da praça

O verde sobre as grades da biblioteca interagae com as espécies da praça

Com árvores de grande porte, torna-se muito agradável andar sob as suas copas na Ituzaingó. Mas vale destacar que a zeladoria deste bucólico espaço no bairro infelizmente deixa a desejar. A reportagem constatou que deve-se reforçar a varrição e instalar mais lixeiras. Os bancos precisam ser lavados e até daria, para a Subprefeitura Mooca, responsável pela zeladoria do local, dar uma reformada nos dois brinquedos de madeira.

A Ituzaingó é cercada por prédios e tem até um pergolado com dois bancos. Um convite para dar aquela descansada depois de uma longa caminhada ou, simplesmente, sentar e curtir o momento. Mas outra observação que deve ser feita é que, ao andar pela praça, é preciso tomar um certo cuidado. Como o piso é composto por grandes blocos que ajudam a permeabilizar o solo, sem a devida manutenção criam-se trechos com alguns degraus e trincas.

Como já salientou o engenheiro urbano Vagner Landi a este semanário, as praças do Tatuapé precisam de zeladoria e atenção por parte do poder público, assim como mais respeito ao verde, à acessibilidade para as pessoas com mobilidade reduzida e limpeza permanente. “Um grande problema que vemos, na maioria das praças do bairro, são as deformações no pavimento causando quedas de pedestres e a falta de iluminação baixa ou alta, tornando esses espaços públicos difíceis de serem utilizados para o lazer.”

Deixe um comentário

*