‘Proibido Amar’

‘Proibido Amar’

Espetáculo claustrofóbico acompanha trajetória de três homens colocados em quarentena após contração de vírus que dizimou 33% da população. Preconceito e repressão são temas abordados por “Proibido Amar”

Após a contaminação, o Estado, que exerce grande poder sobre a sociedade, opta por separar todas as vítimas e pessoas em zona de risco em quarentena. Segundo os organizadores, os segregados passariam por uma bateria de exames para saber se estão ou não aptos para viver em sociedade. Ares, Eros e Apolo, três das vítimas, são retratados no espetáculo cuja temporada vai até o dia 16 de dezembro, no Teatro Augusta.

O vírus que se alastra rapidamente pela sociedade, transmitido pelo toque e por relações sexuais, remete ao HIV e as punições e acusações previstas para seus portadores direcionam a temática da peça para a discussão sobre o preconceito e a desinformação.

Na montagem três jovens são submetidos a uma quarentena, e se enfrentam numa espécie de jogo sádico do qual podem não sair vivos. Apresentações: sempre as sextas, às 23h30. Ingressos: R$ 50,00 (inteira). Local: Rua Augusta, 942 – Cerqueira César. Mais informações no telefone 3151-4141.

Deixe um comentário

*